webJudaica.Com.Br
Seu portal Judaico na Internet
22/Nov/2014
Cheshvan 29, 5775

E-mail:     Senha: Cadastro

Ciclo de Vida

Brit Milá

Background Histórico

A fonte do Brit Milá é o mandamento bíblico para que Avraham circuncisasse a si próprio, todos os homens de sua casa e todos os seus descendentes do sexo masculino.

Esta é minha aliança, que você deverá manter, entre mim e você e sua descendência; Toda criança do sexo masculino deverá ser circuncidado. E você deverá circuncidar a pele de seu prepúcio; e será um sinal da aliança entre nós. E todo aquele que tiver 8 dias deverá ser circuncidado entre vocês.
(Gênesis 17:10)

De fato, a Torá relata diversos outros casos de Brit Mila: a própria circuncisão de Avraham, a circuncisão que Tzipora, esposa de Moshé, faz em seu filho, e a circuncisão de Josué em todos os não circuncidados antes que entrassem na Terra de Israel. O povo Judeu continuou a observar o Brit Milá através das gerações e a circuncisão se tornou o mais profundo símbolo da comunidade judaica, um sinal físico atestando o pacto do coração. Os judeus, ao longo da História, arriscaram suas vidas para circuncidar seus filhos, uma vez que o Brit Milá era símbolo da distinção judaica.

A circuncisão não determina o Judaísmo de uma criança: ter feito Brit Milá não torna uma criança não-judia judia, assim como não ter feito Brit Milá não torna uma criança judia não-judia. Ainda assim, este ato representa um momento de transição em que o recém-nascido agora possui testemunho de seu ingresso no seio do povo judeu.

Embora alguma dor necessariamente esteja associada a este ato, o Brith Milá é a forma com que o homem se torna parceiro de D'us no Tikun Olam, o aperfeiçoamento do mundo. Assim, o Brith Milá de um recém-nascido é sempre celebrado e seguido de uma refeição festiva - a celebração de sua conexão com a comunidade judaica.

Fonte: Agência Judaica
Indique para um amigo!