webJudaica.Com.Br
Seu portal Judaico na Internet
29/May/2017
Sivan 4, 5777

Sign in with Facebook

Festas Judaicas (Chaguim)

Iom Kipur

O Feriado de Kipur

Iom Kipur, o Dia do Julgamento, é o mais sagrado dos feriados judaicso, o "Shabat dos Shabatot".

Em Iom Kipur, os 40 dias de arrependimento, que começam no dia 1o de Elul, terminam. Em Rosh HaShaná, D'us julgou a maior parte da humanidade e guardou seu julgamento no Livro da Vida. Mas ele deu dez dias de suspensão para o arrependimento.

Em Iom Kipur o Livro da Vida é fechado e selado. Os que se arrependeram por seus pecados recebem um bom e feliz ano novo.

Como Iom Kipur é o dia de pedir perdão por promessas quebradas para com D'us, o dia anterior é reservado para pedir perdão para promessas quebradas entre as pessoas, uma vez que D'us não pode perdoar promessas quebradas para com pessoas.

Iom Kipur é um dia de "não fazer". Não há toque de shofar e os judeus não podem comer ou beber, sendo a regra jejuar. Acredita-se que jejuar em Iom Kipur nos torna como os anjos, que não comem, bebem ou se lavam.

As cinco proibições de Iom Kipur:

- Comer e beber
- Passar perfumes, cremes ou loções
- Relações maritais
- Lavar-se
- Vestir calçados de couro

Enquanto Iom Kipur é dedicado ao jejum, o dia anterior é dedicado a alimentação. De acordo com o Talmud, a pessoa "que come no nono dia de Tishrei (e jejua no décimo), é como se tivesse jejuado os dois dias". A reza cai para segundo plano neste dia, para que os judeus se concentrem em se alimentar e se preparar para o jejum.

Na véspera de Iom Kipur a comunidade se reúne na sinagoga. Homens colocam seus mantos de orações (que normalmente não são usados a noite). Então, com o cair da noite, o chazan (cantor litúrgico) começa o "Kol Nidre", que é repetido três vezes, cada vez com voz mais alta. O Kol Nidre enfatiza a importância de manter votos e promessas, uma vez que violar um juramento é um dos piores pecados.

Uma parte importante do serviço de Iom Kipur é o "vidui", ou confissão. As confissões servem para ajudar a refletir sobre os pecados realizados e confessá-los verbalmente é parte do arrependimento formal ao se pedir perdão a D'us. Como a comunidade e sua unidade são partes importantes da vida judaica, as confissões são ditas no plural ("Nós somos culpados...").

Ao término de Iom Kipur, na última hora do serviço, a "Neilá" oferece a última oportunidade para o arrependimento. É o único serviço do ano no qual as portas da Arca (onde os rolos da Torá são guardados) permanecem abertas durante todo a duração do serviço, significando que os portões do céu estão abertos neste momento.

O serviço é encerrado com o verso, dito sete vezes, "O Senhor é nosso D'us". O shofar é tocado uma vez, e a congregação proclama "No ano que vem, em Jerusalém".

E assim termina o Iom Kipur.

Fonte: Holidays.Net
1 2 3 4 5
Somente usuários logados podem avaliar os textos

Indique para um amigo!
Para continuar vendo o conteúdo deste site, você deve estar logado!
Utilize sua conta no Facebook ou feche esta janela.
Sign in with Facebook [Fechar]